Soro hiperimune funciona?

3/12/20 Soro hiperimune funciona?

Os animais de estimação, assim como os humanos, estão constantemente expostos a diversos microrganismos no ambiente e o papel de protege-los contra essas ameaças fica (em grande parte) a cargo do sistema imune.


O sistema imune nada mais é que um conjunto de estruturas e processos que busca garantir a proteção do organismo animal contra diversas infecções e doenças como a cinomose, por exemplo. Mas para que esse papel seja bem desempenhado, o animal deve passar por um check-up regular com o Médico Veterinário, estar em boas condições de saúde, receber uma correta alimentação e estar devidamente vacinado e desverminado.


Ao seguir estas recomendações e cuidar da saúde do pet, aumentam-se muito as chances de que ele esteja saudável e, portanto, seja devidamente capaz de reagir a tempo contra as infecções. Mas em alguns casos, infelizmente, as doenças podem evoluir de forma tão rápida nos animais, que mesmo um sistema imune competente pode não ter tempo de reagir.


Nesses casos, o Médico Veterinário poderá ter em mãos um produto conhecido como soro hiperimune, que contêm em sua composição imunoglobulinas (anticorpos) que auxiliam no tratamento das principais enfermidades infectocontagiosas de cães, como as doenças mencionadas abaixo.


Além deste uso terapêutico, os soros hiperimunes também podem ser usados de forma preventiva em situações em que o animal necessita de uma imunidade mais rápida, embora menos duradoura que a de uma vacina, por exemplo.

 

QUAIS SÃO OS SOROS HIPERIMUNES DISPONÍVEIS NO MERCADO?

 

No mercado, existem diversos tipos de soros hiperimunes contra as principais doenças infectocontagiosas de cães, como por exemplo, aqueles que fornecem anticorpos contra:


• Cinomose (Conheça os produtos: Soroglobulin, Soroglobulin Max, Cannis Globulin);
• Parvovirose (Conheça os produtos: Gastroglobulin, Soroglobulin Max, Cannis Globulin);
• Adenovirose (Conheça o produto: Cannis Globulin);
• Hepatite (Conheça o produto: Cannis Globulin);
• Parainfluenza (Conheça o produto: Cannis Globulin);
• Coronavirose canina (Conheça o produto: Cannis Globulin).


Além destes, existem também os soros hiperimunes mais conhecidos como, por exemplo:
• Soro antiofídico (Conheça o produto: Master Soro Plus);
• Soro antitetânico (Conheça o produto: Vencosat);
• Soro antibotulínico (Conheça o produto: Botulin CD).

 

 

COMO FUNCIONAM OS SOROS HIPERIMUNES?

Os soros hiperimunes possuem anticorpos em sua formulação. Estes anticorpos agem neutralizando o causador dos sintomas da doença que o animal está apresentando. Ou seja, no caso da cinomose, parvovirose, coronavirose, hepatite infecciosa, parainfluenza e adenovirose, o soro hiperimune age neutralizando os vírus que circulam no organismo animal, impedindo que a doença evolua. É importante ressaltar que o soro hiperimune não substitui o tratamento suporte, que se faz de extrema importância na recuperação do animal.


Além disso, o soro hiperimune age apenas contra o agente circulante no organismo. Por esse motivo, ele deve ser administrado o mais breve possível, evitando a evolução do quadro clínico, como por exemplo, a fase nervosa da cinomose, onde o produto não consegue agir, devido ao seu alto peso molecular e impedimento de ultrapassar a barreira hematoencefálica. Quer saber mais sobre o tratamento da cinomose?

 

Leia aqui: https://bit.ly/2AztQUl 

 

 

No caso do soro hiperimune Master Soro Plus, o soro antiofídico, a ação é a mesma, exceto que ao invés de ele neutralizar um vírus, irá neutralizar o veneno da cobra e, aliado ao tratamento suporte, permitirá a recuperação do animal.
E em relação ao soro hiperimune Botulin CD e Vencosat, sua ação se dá através da neutralização das toxinas ingeridas pelo animal (no caso do botulismo) ou nas toxinas produzidas pelo clostrídio causador do tétano no organismo animal.

 

 

O SORO HIPERIMUNE CURA O ANIMAL?

A função do soro hiperimune é neutralizar o vírus, veneno ou toxina causadora da doença e impedir que os sintomas continuem evoluindo. Dessa forma, a cura depende da rapidez no início da soroterapia - que é fundamental - além do tratamento dos demais sintomas e condições que o animal apresente. É importante lembrar que cada animal reage de uma forma à terapia e que todo o tratamento suporte que for necessário deverá ser feito. Embora não se possa afirmar que todos os animais tratados irão se curar, pois isso depende de diversos fatores, pode-se dizer que os soros hiperimunes têm boa eficácia, se utilizados da forma correta.

Em estudo realizado pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) comprovou-se este fato citado.

Quer saber mais sobre este trabalho? Acesse aqui: https://bit.ly/2SmAK6S

 

 

 

VACINA E SORO HIPERIMUNE SÃO A MESMA COISA?

Não, eles possuem composições diferentes e agem de forma distinta no organismo do animal.

 

 

Saiba mais aqui: https://bit.ly/2PFGMSS 

 

 

 

Os soros hiperimunes são excelentes opções de tratamento para diversas doenças e auxiliam muito na recuperação dos animais, quando são utilizados da forma correta. Em caso de dúvidas, consulte o Médico Veterinário de sua confiança para maiores informações. 

 

Gostou dessa matéria? Então compartilhe-a com os seus amigos!

 

 

Quer saber mais sobre os soros hiperimunes? Acesse: https://bit.ly/2PFGMSS 

 

Compartilhar
Tosse dos Canis - O que é e como prevenir
11/Mar

Tosse dos Canis - O que é e como prevenir

Antes de falarmos sobre a Tosse dos Canis, vale a pena alertar: Nem toda tosse é Traqueobronquite Infecciosa. Existem outros problemas como Insuficiência Cardíaca, Colapso de Traqueia, Obstrução por Corpo Estranho que...
Saiba mais
Compartilhar
Vacinas para gatos
11/Mar

Vacinas para gatos

Os primeiros meses de vida de um animal estão entre os momentos mais críticos quando falamos sobre doenças. É nesse período que os filhotes se encontram diante de desafios, mudança de ambiente, mudança de...
Saiba mais
Compartilhar
Travessa Dalva de Oliveira, 237 • Londrina - PR
Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC)
Ligue 0800 400 7997 ou envie uma mensagem