Tétano tem tratamento! Saiba o que fazer diante dessa grave doença.

7/02/20 Tétano tem tratamento!  Saiba o que fazer diante dessa grave doença.

A sanidade dos animais é constantemente desafiada no campo, já que são diversas as situações que colocam em risco a vida dos animais. Desafio ambiental, clima, manejo estressante, dieta mal balanceada, contato com animais peçonhentos, cercas de arame e locais perigosos são apenas alguns exemplos das adversidades enfrentadas. Além destes desafios, ainda podemos destacar as doenças infecciosas que, se não tratadas ou prevenidas, podem trazer uma série de prejuízos ao rebanho.


Dentre as diversas enfermidades que afetam os animais, o tétano é uma doença grave que faz parte do grupo das clostridioses e afeta seres humanos e animais, sendo que os equinos são considerados a espécie mais sensível, seguida dos ovinos, caprinos e bovinos.

 

Como o tétano ocorre?

A doença se instala quando a bactéria Clostridium tetani, presente no ambiente, penetra no organismo do animal através de feridas e objetos contaminados em algumas situações do cotidiano, conforme destacado abaixo:

• Lesões na pele

• Picada de cobra

• Vacinação inadequada

• Materiais enferrujados (agulhas, rinetas, rasqueadeiras, etc)

• Cura do umbigo

• Ferida de casco

• Parto distócico

• Tosquia

• Procedimentos cirúrgicos sem a devida assepsia e antissepsia

 

Quando o animal apresenta feridas profundas infectadas pela bactéria Clostridium tetani e na ausência de oxigênio, a bactéria se multiplica e produz a toxina responsável pelos sintomas. A doença é grave e resulta em altas taxas de mortalidade, que podem chegar a mais de 70%, quando os animais não são tratados a tempo.


Diante das situações apontadas acima, é muito importante realizar a adequada limpeza e desinfecção da ferida e objetos utilizados nos procedimentos, a fim de evitar a contaminação pela bactéria.

 

Sintomas do tétano nos animais

O alvo da toxina produzida pela bactéria é o Sistema Nervoso Central e o animal infectado apresenta sintomas como:

• Prolapso de terceira pálpebra

• Intensa contração muscular

• Trismo mandibular (mandíbula contraída)

• Paralisia dos membros

• Distensão abdominal

• Cólica

• Dificuldade de locomoção

• Posição de cavalete

• Cauda em bandeira

• Timpanismo

• Febre

• Excitação

• Incontinência urinária

• Dificuldade para respirar

• Dificuldade para se alimentar

• Morte por parada respiratória

 

Tétano tem tratamento?

Apesar da gravidade da doença, existe tratamento disponível no mercado. VENCOSAT é o soro antitetânico da Dechra que auxilia no tratamento do tétano. Junto à terapia antimicrobiana e terapia de suporte, o soro antitetânico VENCOSAT atua na neutralização da toxina tetânica, impedindo a sua disseminação e agravamento do quadro clínico.


A terapia com o soro antitetânico VENCOSAT deve ser feita de acordo com as recomendações do médico veterinário e deve ser administrada o quanto antes para aumentar as chances de cura.

Para saber mais sobre o uso do VENCOSAT no tratamento do tétano acesse AQUI!  

 

Como prevenir o tétano?

O soro antitetânico VENCOSAT também pode ser utilizado em situações de risco, onde o animal precisará de proteção imediata, como é o caso de cirurgias, procedimentos à campo, castração, tratamento odontológico e ferimentos. Nestes casos, recomenda-se a aplicação de 1 frasco-ampola (5.000 UI) pelas vias subcutânea ou intramuscular. A proteção oferecida pelo soro antitetânico é passageira, durando aproximadamente 10 dias, portanto, a vacinação dos animais contra o tétano ainda é medida fundamental para garantir a proteção dos animais.

 

 

Para saber mais sobre as vacinas de eleição para cada espécie é só acesse:


Equinos: Encefalogen, Lexington 8.

Bovinos, ovinos e caprinos: Excell 10.

 

Proteger os animais e ter sempre em mãos o soro antitetânico VENCOSAT são medidas essenciais para garantir a sanidade dos animais.

Para saber mais acesse: https://www.youtube.com/watch?v=gFJ5RbKYZ4o

 

 

 

 

Compartilhar
Tosse dos Canis - O que é e como prevenir
11/Mar

Tosse dos Canis - O que é e como prevenir

Antes de falarmos sobre a Tosse dos Canis, vale a pena alertar: Nem toda tosse é Traqueobronquite Infecciosa. Existem outros problemas como Insuficiência Cardíaca, Colapso de Traqueia, Obstrução por Corpo Estranho que...
Saiba mais
Compartilhar
Vacinas para gatos
11/Mar

Vacinas para gatos

Os primeiros meses de vida de um animal estão entre os momentos mais críticos quando falamos sobre doenças. É nesse período que os filhotes se encontram diante de desafios, mudança de ambiente, mudança de...
Saiba mais
Compartilhar
Travessa Dalva de Oliveira, 237 • Londrina - PR
Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC)
Ligue 0800 400 7997 ou envie uma mensagem